Matérias | Geral


Itajaí

Festas chamam quase 1 milhão de pessoas

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A temporada de verão está bombando em Balneário Camboriú. Mais de 200 mil pessoas já circularam pela city e a expectativa é que cerca de 800 mil deem as caras por aqui entre o Natal e Ano Novo. A rede hoteleira deve chegar a 100% da ocupação dos leitos até semana que vem.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Moradores da África do Sul, este é o primeiro ano que a família Saboa frequenta o Balneário na época de Natal. Eles vieram pra Santa Catarina pra curtir as festas de fim de ano com os amigos e ficaram encantados com o investimento em decoração e atrativos pra cidade. “Tive em Balneário quase 20 anos atrás e não tinha ideia como estava a cidade. É melhor até pras crianças”, disse o engenheiro Sérgio Saboa, 46 anos, referindo-se aos filhos de sete e 14 anos.

Continua depois da publicidade



Assim como eles, muitos turistas têm escolhido a Maravilha do Atlântico Sul pra curtir as festas de fim de ano. Segundo a presidente do sindicato de bares e hotéis, Karina Peters, quase 80% dos leitos estão cheios na semana que antecede ao Natal.

Ela afirma que em anos anteriores, nesta época, o movimento costumava ser baixo, mas a cada ano que passa, o número de visitantes tem aumentado. “Acredito que a divulgação do projeto Brilhos de Natal, o Papai Noel gigante e todos os atrativos têm feito eles optarem por passar o Natal aqui”, opina. Além disso, os hotéis e restaurantes têm oferecido opções de ceia pra quem vai festejar o Natal longe de casa.

Hotéis bombando

Já na semana que vem, a cidade deve receber o ápice de visitantes. O secretário de Turismo, Carlos Humberto Silva, afirma que os cerca de 100 hotéis ficarão com todos os leitos ocupados até o dia da festança da virada do ano. Segundo ele, mais de 800 mil pessoas devem circular pela cidade. A maioria dos turistas deve vir da própria Santa & Bela, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Mercosul. “Está se esperando uma temporada que vai quebrar todos os recordes”, adianta. Em comparação ao mesmo período do ano passado, o movimento já cresceu 15%.

Continua depois da publicidade



Como 90% dos visitantes aparecem de busão ou carango, é possível que as principais avenidas fiquem mais atravancadas do que de costume. Segundo o barnabé, os guardas de trânsito e municipais vão sivirar nos 30 e não terão folga pra organizar o movimento e evitar congestionamentos. Também foram investidos em equipamentos pra que o abastecimento de água não fique sobrecarregado e falte o líquido precioso na torneira do povão. “A gente não está em período de seca e estamos preparados. Só vai faltar água se houver uma catástrofe”, garante.

 


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.227.249.155

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 05/05/2021

Publicado 05/05/2021 23:45



Blogs

Blog do JC

Na curva do rio

A bordo do esporte

Ex-equipe de Martine Grael confirma presença em regata europeia da The Ocean Race

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog Clique Diário

Dica de fotografia

Blog Doutor Multas

Multa por excesso de velocidade acima de 50: qual é o valor?

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯