Matérias | Esporte


Itajaí

Chineses abandonam outra perna da VOR por problemas no barco da equipe

A equipe Sanya já passou por perrengue igual na primeira perna, em Alicante

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Deve ter uma cabeça de cavalo perdida no convés. O barco da equipe chinesa Sanya abandonou a segunda perna da Volvo Ocean Race, a Regata Volta ao Mundo. A equipe já teve problemas semelhantes quando sofreu danos no casco do barco na largada da primeira perna, em Alicante, na Espanha. O anúncio oficial da segunda desistência rolou ontem, durante a travessia entre a Cidade do Cabo, na África do Sul, e Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.


O barco dos chinas comandado pelo campeão da Volvo Ocean Race Mike Sanderson teve o estai intermediário (um dos cabos de aço que ajudam a fixar o mastro) quebrado durante o percurso. Para tentar ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O barco dos chinas comandado pelo campeão da Volvo Ocean Race Mike Sanderson teve o estai intermediário (um dos cabos de aço que ajudam a fixar o mastro) quebrado durante o percurso. Para tentar solucionar a avaria, a tripulação voltou para a ilha de Madagascar, mas a equipe de terra não conseguiu colocar o veleiro de volta ao Oceano Índico.

Continua depois da publicidade



Os chineses chegaram a surpreender os adversários, já que lideravam a travessia com vantagem de mais de 370 quilômetros (200 milhas) sobre o segundo colocado quando o perrengue rolou. A alternativa foi voltar 1.300 quilômetros até a ilha africana.

“Estamos chocados. Estávamos liderando com vantagem significativa quando o fato ocorreu. Todo o trabalho foi interrompido e, por isso, todos choraram a bordo”, relata o chinês Jiang He, o Tiger.

Na lanterninha com apenas quatro pontos, o Sanya se distância do resto do grupo. Ao todo, o trecho até os Emirados Árabes tem 5.430 milhas náuticas (10.060 quilômetros) e o primeiro a chegar à zona de segurança foi Groupama, da França. Os próximos a completar o percurso até a área protegida contra ações de navios piratas foram Puma e o Telefónica. A posição dos veleiros não será informada. O crime é comum na costa da Somália, que faz parte do caminho até o mar árabe.

Continua depois da publicidade




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.215.79.116

Últimas notícias

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Polícia Civil “devolve” coletes e algemas em protesto simbólico

Ganhou mas não levou

SC ainda trava luta judicial por royalties do petróleo

Balneário Camboriú

Vacina em grávidas, mamães e lactantes está suspensa 

ITAJAÍ

Moradora denuncia espera de mais de quatro horas na Celesc

Vacinado 

Governador tomou a primeira dose de imunização contra covid

BALNEÁRIO

DIC investiga assassinato de corretor de imóveis

FIQUE LIGADO!

Unisul abriu processo seletivo para cursos presenciais de graduação

Crime bárbaro

Sobrevivente de atentado na Fazenda pede justiça pelo assassinato da esposa

Covid 19

SC recebe 52 mil doses da vacina da Jansen

Itajaí 

Profissionais da educação podem se vacinar quinta e sexta-feira 



Colunistas

Canal 1

“Gênesis”, da Record, já superou a marca de 450 atores no elenco

Coluna Esplanada

Doses sob suspeita

Artigos

O grande desafio da educação em SC

Coluna do JC

Saldré...

Coluna do Frei Betto

Todos às ruas

Coluna Tema Livre

500 mil mortes

Coluna do Janio

Vitória importante

Coluna Adjori SC

Em dois meses, Santa Catarina registrou 65 autuações por não uso de máscara

Coluna Exitus na Política

Entoli, o dirigente

Jackie Rosa

  Detox

Na Rede

NA REDE

Via Streaming

“The Americans”

Espaço InovAmfri

Nova bacia de evolução

Coluna do Ton

Novidade fashion

Coluna Fato&Comentário

Itajaí: Município “sem razão e utilidade pública”

Coluna Existir e Resistir

Presídio no Brasil: por que essa não é a solução?

Clique diário

Praia do Estaleiro

Coluna Animal Humano

Intolerância e radicalismo



TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/06/2021

Publicado 23/06/2021 21:20



Especiais

Mundo da pesca

Oceanógrafo criou raízes, mesmo que aquáticas

Urbanismo

Desafio da praia Brava é crescer mantendo as características de paraíso

Economia

Atividade pesqueira requer atenção especial

Bom momento

Construção civil ganha destaque na economia

Itajaí do rio e do mar

Empresas dos setores náutico e naval reforçam economia



Blogs

Blog Doutor Multas

Película automotiva: conheça os tipos permitidos pelo CTB

A bordo do esporte

Designer ilustra equipe olímpica de vela no estilo mangá

Blog do JC

Sonhando com o pai Atanásio

Blog Clique Diário

Pássaros

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯