Matérias | Geral


Itajaí

Sabichões da Univali estão de zolho nas águas-vivas nas praias da Santa & Bela

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O verão chegou e é bom a turistada ficar atenta com um inimigo quase imperceptível: as águas-vivas. Um projeto de pesquisadores do centro de Ciências Tecnológicas da Terra e do Mar da Universidade do Vale do Itajaí (CTTMar/Univali), está monitorando os acidentes com os animais marinhos em toda a Santa & Bela. A prefa da Maravilha do Atlântico, que tem a praia socada de turistas nesta época do ano, ensina como o povão deve agir caso seja vítima de uma água-viva.


 

Este conteúdo é exclusivo para usuários cadastrados.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Ao contrário do que todo mundo pensa, as águas-vivas não queimam, mas envenenam, explica a diretora do departamento de Vigilância Epidemiológica da secretaria de Saúde do Balneário, a enfermeira Jennifer Gaspar. “As água-vivas, quando em contato com a pele, provocam lesões através do veneno que agridem a epiderme, e podem variar de linhas avermelhadas e dolorosas até bolhas ou mesmo feridas”, conta a sabichona.

Apesar da grande quantidade de turistas na região, o coordenador do projeto de monitoramento da Univali, o professor Charrid Resgalla Júnior, explica que o número de casos é pequeno. “A maior quantidade de casos é na região sul de Santa Catarina, onde registramos cerca de sete mil casos por ano. No norte, entre São Francisco do Sul e Itapema, não passa de 60 casos”, explica o professor.

Como tratar

A gravidade das lesões muda conforme a espécie da melecosa, a área do corpo atingida, o tempo de contato, o estado de saúde da vítima e a sensibilidade de cada pessoa.

Os sintomas mais comuns são: dores, ardência, inchaço, vermelhidão na pele, palidez, sonolência, pressão baixa e tremores. Outros sintomas podem ser o aparecimento de bolhas, dor de cabeça, mal-estar, náusea (enjoo), vômito, espasmos musculares, febre e até arritmias cardíacas em casos mais graves.

Os sabichões ensinam que a primeira coisa que se deve fazer após levar uma queimadura é sair logo da água e procurar por atendimento de um profissional de saúde. Outras dicas são usar água do mar pra lavar o local, e a aplicação de ácido acético (vinagre de cozinha). Os sabichões alertam ainda que jamais se deve usar água doce, xixi, areia, toalha ou panos para remover os tentáculos.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





44.192.10.166

Últimas notícias

Bairro São Vicente

Restaurante que furou lockdown é interditado 

Centro de Itajaí

Rua Pedro Ferreira tem trânsito interrompido a partir de segunda

Ação judicial

Estado tem 24 horas pra transferir pacientes que aguardam leitos no oeste

Atendimento nos bairros

Itajaí monta postos para pacientes com sintomas de covid

Visita de Eduardo Bolsonaro

Polícia Militar apaga post com fotos de cerimônia sem o uso de máscaras

Pandemia

Lages anuncia lockdown de uma semana

Navegantes

Bombeiros resgatam mulher desorientada na praia 

Pandemia

SC confirma mais sete casos da variante brasileira da covid

ACIDENTE

Casal que teve moto arrastada por caminhão continua  internado

Acidente

Caminhão arrasta moto por 30 quilômetros na BR 101





Colunistas

Coluna do JC

Base

Coluna do Ton

Bem-vindos!

Canal 1

Personagens da nova “Pantanal” serão um pouco mais jovens

Na Rede

Instagram, Facebook e Twitter

Via Streaming

Dica: “Adoráveis Mulheres”

Coluna Adjori SC

Com avanço da Covid, sistema de saúde chega ao limite da capacidade

Coluna Fato&Comentário

Itajaí (também) precisava da BR-59

Coluna Esplanada

Turbulência à vista

Coluna do Frei Betto

Quem manda no Brasil

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna do Janio

Jogo adiado em Joinville

Coluna Exitus na Política

O reino de Marte

Clique diário

Ilha das Cabras

Jackie Rosa

Eleição no Iate

Coluna Existir e Resistir

A branca tá usando trança! E agora?

O lado de cá...

O Lado de Cá...

Artigos

Cade proíbe cobrança de THC2/SSE

Crônicas da vida urbana

Crônica com carro, cães, moça elegante e caminhão





TV DIARINHO


Entrevistão com Fabricio de Oliveira - Pref de Balneário Camboriú



Podcast

Presidente da Unimed Litoral comunica que hospital não tem mais leitos de UTI

Publicado 06/03/2021 20:50



Blogs

Blog Doutor Multas

Multas da PRF: quais são elas e o que fazer para recorrer? [2021]

Blog Clique Diário

O poder do amanhecer - Vídeo

A bordo do esporte

Jorge Zarif recebe barcos para disputa de Tóquio 2021

Blog do JC

Bagrão da Casa Civil, nega lockdown semanal

Blog da Ale Francoise

Folha de louro e seus benefícios

Blog da Jackie

Coluna do impresso



Entrevistão

Balneário

'Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 1)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 1)



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯