Matérias | Política


Itajaí

Deputados da região fazem balanço do trampo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Os dois deputados estaduais que representam a região da associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri) tiveram atuações bem próximas em 2012. Tanto que no balanço feito pelos dois parlamentares, destacam o desempenho em questões da área da Saúde. Enquanto Dado Cherem (PSDB) ressaltou os 13 projetos de lei que apresentou em 2011, Volnei Morastoni (PT) preferiu quantificar as audiências públicas que participou pela Santa & Bela afora, num total de 22 – entre as encabeçadas pela comissão de Saúde, da qual é presidente, e as de fóruns parlamentares.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O tucano encaminhou projetos relacionados à Saúde. Mas, dentre as proposições, ressalta duas emendas aprovadas ao orçamento que garantiram, segundo a assessoria de Dado, R$ 4 milhões pro hospital Marieta Konder Bornhausen e R$ 3 milhões pro Ruth Cardoso – que foram possíveis devido à proposta de Emenda Constitucional (PEC) do tucano, que retirou o gasto com inativos da folha de pagamento da Saúde e incluiu 70 milhões de reales no ano pra serem investidos no setor.

Continua depois da publicidade



Enquanto isso, o parlamentar petista – que em muitos momentos esteve juntinho de Dado – percorreu o estado nas audiências públicas pra debater os problemas na Saúde. Volnei diz que a conclusão dos plás já está num relatório que será apresentado pro governo estadual no comecinho do ano que vem. E já adianta a constatação. “O principal problema são os hospitais que precisam de auxílio de custeio do Estado pra manutenção da estrutura”, comenta o parlamentar. Com base nisso, Volnei protocolou recentemente um projeto de lei que deve, segundo ele acredita, nortear as discussões de Saúde na Santa & Bela. “Não adianta fazer projeto por fazer, tem que ter uma razão”, justifica o petista.

Fora isso...

Nesse clima retrô, Dado destaca as dificuldades enfrentadas neste ano. Ele diz que ficou de coração partido ao votar o piso salarial dos profes – no meio daquela mobilização, depois de uma greve duradora. “Eu votei por lealdade ao governo e porque confio. Mas foi algo muito difícil”, recorda. Além disso, salienta a mudança de comportamento, em que a tecnologia e a informação aceleraram o processo de transparência – e também as cobranças. “Este foi um ano de grandes mudanças políticas. O ano das verdades. A sociedade está mais informada e sabe das coisas com muita rapidez”, analisa Dado, se referindo às denúncias envolvendo a Alesc. Nesse balanço, ele acredita que a instituição redesenhou sua história e soube encarar e resolver os problemas.

Continua depois da publicidade




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.231.61

Últimas notícias

Balneário Camboriú

GM prende foragidos que aprontavam no trânsito

INVERNO

Rede Sustentável de Entidades promove Campanha do Agasalho em Penha

Camboriú, Penha e Bombinhas

Campanha Zera Dívida segue com descontos de até 70% na fatura de água

Flagra

Mercadorias para camelôs, avaliadas em R$ 50 milhões, são aprendidas

NAVEGANTES

Bandido é morto roubando o banco Sicoob

BALNEÁRIO

Clientes levam surra por esquecer de pagar dois chopes em bar

Quinta e domingo

Definidas as datas das finais do Paulistão

Balneário Camboriú 

PA da Barra volta a funcionar após reformas

Imbituba

Casal é preso com mais de 200 quilos de maconha

Morte no hotel  

MC Kevin teria tentado pular na piscina 



Colunistas

Coluna do JC

Show de horrores

Coluna Esplanada

Urna inauditável!?

Coluna Exitus na Política

Qual o nome que o nome tem?

Canal 1

“Salve-se Quem Puder,” gravada na pandemia, estreia hoje sua última fase

Coluna Animal Humano

Cidade que te quero verde

Via Streaming

“Mais Uma Rodada”

Coluna do Ton

Coluna do Ton

Clique diário

Cabeçudas

Coluna Fato&Comentário

CULTOS AFRICANOS EM ITAJAÍ: RESISTIR E SOBREVIVER

Espaço InovAmfri

Faça chuva ou faça sol

Coluna do Frei Betto

Resta-me humanidade?

Coluna Tema Livre

“Tudo Bandido”

Coluna do Janio

Semifinal marcada

Jackie Rosa

Às mamães com carinho

Na Rede

Na Rede

Coluna Existir e Resistir

Direito invisível

Artigos

Livros embarcados

Coluna Adjori SC

Economia de Santa Catarina inicia 2021 com confiança e expectativa em alta



TV DIARINHO


Entrevistão com Heli Schlickmann - Técnico Agrícola e Gestor ambiental



Podcast

Minuto DIARINHO 14/05/2021

Publicado 14/05/2021 20:29



Blogs

Blog do JC

Quer tudo?

A bordo do esporte

The Ocean Race e TIME firmam parceria

Blog Doutor Multas

Cadastro do Bom Motorista: o que é e como fazer o seu?

Blog Clique Diário

A Ilha de Pedra

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯