Matérias | Geral


Itajaí

Mulher vê o marido morrer afogado

Casaram na sexta-feira e ontem foram levar uma amiga pra conhecer a praia de Mariscal. Mar brabo matou afogado rapaz de 24 anos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

“Eu casei depois de um ano de namoro, porque ele era o homem da minha vida. Eu nunca vou encontrar alguém como ele”. Com este desabafo, Angélica Timóteo D´Laila, 20 anos, preparava a despedida do marido na praia de Mariscal, em Bombinhas, na tarde de ontem.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Casados há quatro dias, a mulher e o marido, Roger Rodrigues, 24, foram apresentar a praia a uma amiga paranaense. O mar estava bravo e Roger não conseguiu vencer a correnteza. O pintor de Balneário Camboriú morreu afogado e seu corpo foi achado quase três horas após ter sumido no marzão.

Continua depois da publicidade



Angélica, aos prantos, sentada em uma cadeira de madeira, relembrava o casamento, enquanto no mar os bombeiros procuravam pelo corpo de Roger.

Moradores de Balneário, eles se conheceram na cidade. Após um ano de namoro, resolveram oficializar a união. Roger e ela se casaram na sexta-feira passada em uma igreja da Assembleia de Deus.

Ontem, o pintor, que é natural de Cascavel, no Paraná, foi com a esposa mostrar a praia pra amiga do casal.

A praia cheia de bandeiras vermelhas não serviu pra intimidar o pintor. O casal e a amiga tomavam banho de mar por volta das 17h, quando Roger decidiu ir mais para o fundo. Angélica ainda pediu pra ele voltar, porém, segundo ela, neste instante, o marido disse que não estava conseguindo.

Continua depois da publicidade



Angélica ainda tentou agarrar a mão do marido, mas não conseguiu. Rapidinho, Angélica viu Roger desaparecer no mar. Os salva-vidas tentaram encontrar o pintor com vida, mas já era tarde demais.

Angélica foi tirada da água aos prantos, enquanto um jet ski dos vermelhinhos começou as buscas.

Angélica ainda tinha esperança de encontrar o marido vivo. Quase três horas após o afogamento, o corpo de Roger foi encontrado boiando.

O instituto Médico Legal (IML) de Balneário foi chamado pra recolher o corpo.

Perigo

Segundo os bombeiros, o dia de folga do trio se transformou em tragédia porque o mar estava bravo. Roger tava nadando perto de um banco de areia e acabou levado pela correnteza. Como havia muito repuxo, ele não conseguiu mais voltar.

Esta foi a primeira morte registrada na região durante a operação Veraneio.

Para Angélica, ontem foi o dia de dar adeus a uma fase feliz da vida que acabou em tragédia.

DICAS DOS BOMBEIROS

1º Sempre procure uma praia com guarda-vidas;

2º Fique com água apenas até a cintura;

3º Respeite as bandeiras. Verde: mar bom. Amarelo: requer atenção. Vermelho: sinal de perigo;

4º Respeite o mar;

5º Não entre na água após ingerir bebidas alcoólicas e também depois do rango;


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.226.76.98

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 22/04/2021

Publicado 22/04/2021 22:04



Blogs

A bordo do esporte

The Ocean Race anuncia nova iniciativa sobre a mudança climática

Blog da Jackie

Novidadeiras

Blog do JC

Aditivo

Blog da Ale Francoise

Fortificante Natural de Uva!

Blog Clique Diário

Primeira Foto do voo inaugural do helicóptero Ingenuity Mars da NASA

Blog Doutor Multas

CNH Bloqueada? Veja o que fazer para regularizar

Blog do Ton

Terrazza Praia Brava

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”

Fabrício Oliveira

"Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯