Matérias | Esporte


Itajaí

Corredor vai correr fantasiado contra a corrupção Silvestre

Roberto Sarli Jr vai pra sua 27ª participação e se prepara pra entrar em breve no Livro dos Recordes

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Quem vê Roberto Sarli Jr descer do carro de calça social, camisa pólo, óculos no rosto e seus cabelos brancos, não imagina que o administrador de empresa de 50 anos é a figura que desde 1984 se fantasia pra disputar a corrida de São Silvestre, em Sampa, a mais tradicional maratona internacional do país e que sempre rola no dia 31 de dezembro. Este ano não vai ser diferente e Sarli, natural de Sampa, mas morador da city peixeira, já está com a fantasia pronta e nominada: faxina contra a corrupção.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






“Muita coisa motivou essa escolha, mas foram principalmente as quedas dos ministros do governo Dilma [sete já foram demitidos] e toda essa corrupção em Campinas. Tenho casa ali perto e tá uma verdadeira vergonha”, lasca o corredor. A Câmara de Vereadores de Campinas estuda o impeachment do segundo prefeito em quatro meses. “O importante é fazer alto que as pessoas olhem e já entendam”, completa.

O corredor bateu um papo com o DIARINHO em frente ao Centreventos, no caminho de sua casa pro aeroporto de Navega City, onde zarpou na tarde de ontem pra Sampa. No ano passado, a corrupção também estava em pauta. Roberto Sarli Jr e seu irmão, Renato, foram vestidos com uma fantasia alusiva a guerra contra a corrupção. Os dois fizeram o percurso empurrando um caveirão [blindado do BOPE do Rio] feito com papelões. “Quando passamos em frente à prefeitura, nós apontamos o tanque pra ela”, lembra Sarli, que vai repetir a dose este ano. “Vou dar uma varrida ali na frente”, ri, já com a vassoura em mãos.

Sua participação na São Silvestre começou em 1984, mas só em 1987 ele decidiu adotar uma fantasia. Foi de computador, uma alusão a polêmica Lei da Informática entre Brasil e Isteites, onde o corredor aproveitou e fez propaganda da empresa do irmão. “Foi a única vez que fiz propaganda. Só este ano, três vieram pedir, mas não faço”, garante Sarli Jr.

Duas corridas não saem da memória de Sarli. A primeira é a de 1989, a primeira São Silvestre que rolou durante o dia [antes a prova era de noite]. “Erramos uma saída. Fizemos a curva, vimos que não tinha nada e percebemos que entramos no lugar errado. Chegamos quase em último”. A outra corrida inesquecível foi a de 1992, quando o corredor foi vestido de cheque fantasma de PC Farias [tesoureiro do na época presidente Collor]. “Teve gente que me xingou. Queriam me bater”, recorda.

Recorde

Com 27 corridas de São Silvestre (contando a deste ano) e outras corridas feitas, Sarli Jr vai ultrapassar a marca dos mil quilômetros percorridos. “Vou chegar a 1037 quilômetros”, contabiliza. Com isso, o corredor espera realizar seu sonho e entra pro Guinness World Records, o livro dos recordes mais respeitado do mundo, antigo Guinness Book. O empresário vai dar entrada nos papélis em fevereiro. “Não é de graça não. Dá quase mil reais de despesa, já que vem um auditor da Inglaterra. Ele vai me ver correr, vai olhar minhas provas e conversar com testemunhas”, explica.

Pra comprovar seu recorde, Sarli guarda os resultados oficiais de todas as provas que participa, além de comprovantes de pagamentos de taxas de inscrição e matérias sobre ele que saem na imprensa. Os registros também estão em sua saite (www.sarlijunior.com.br).

Balneário e Itapema também presentes

Outras duas citys da região vão ser representadas na mais tradicional corrida do país: Balneário e Itapema. A Maravilha do Atlântico vai ser representada pelo guarda patrimonial da prefa, João Luiz Ramos Filho, o Luiz Corredor. O tiozinho de 64 anos é natural da city peixeira, mas mora há 40 anos no Balneário. A São Silvestre vai ser especial pra Luiz Corredor. Vai ser sua quinta e última participação na prova.

Jurandir da Silva é quem vai levar as cores de Itapema pras ruas de Sampa. Armador de ferro na construção civil e morador do bairro Tabuleiro, Jurandir corre nos findes em provas da Santa & Bela e vai pra sua segunda edição de São Silvestre. No ano passado, Jurandir ficou em 11° lugar na categoria de 30 a 34 anos, no percurso de 15 km. Marca que ele pretende superar este ano.

Principais fantasias de Sarli:

• 1987: Computador - polêmica lei de informática entre Brasil e Estados Unidos

• 1989: Urna Global - surpreendente eleição de Collor como presidente do Brasil

• 1994: Tetrairrealidade - contrastes de um país. Foi tetracampeão mundial de futebol, mas continuou a ter inflação, salário mínimo ruim, altos juros e muito ágio

• 1998: Telefone grampeado - durante as privatizações ocorreram “os casos dos grampos”, que foram uma grande armação política para derrubar o ministro das Comunicações

• 2000: Vanderlei Luxemburgo - investigação sobre o futebol brazuca e o então técnico da seleção brasileira

• 2002: Dengue - problema social em evidência no Brasil

• 2003: Fomiséria - inspirada na fome e na miséria da população mundial

• 2008: Crise global - pra lembrar a situação econômica no mundo


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.215.180.226

Últimas notícias

PANDEMIA

Itajaí e Balneário tem mais 10 mortes causadas pela covid 

superou o grêmio

Palmeiras é campeão da Copa do Brasil

SUL-AMERICANA

Conmebol suspende eliminatória da Copa

Saúde da Mulher

Serviços públicos garantem proteção e atendimentos especializados

socos e chutes

Mulher espancada pelo ex em Navegantes

PANDEMIA

Itajaí deve ampliar leitos de emergência de covid usando estrutura do CIS

BALNEÁRIO

Fiscalização dispersou aglomero na noite de sexta

MOTO ARRASTADA

Vítima de acidente na BR 101 morre no hospital

Bairro São Vicente

Restaurante que furou lockdown é interditado 

Centro de Itajaí

Rua Pedro Ferreira tem trânsito interrompido a partir de segunda





Colunistas

Coluna Esplanada

Tiro de Guerra

Coluna Exitus na Política

A cidadania sem gênero

Canal 1

Aguinaldo Silva, fora, nunca esteve tão dentro da Globo

Coluna do JC

Sputnik

Coluna do Ton

Bem-vindos!

Na Rede

Instagram, Facebook e Twitter

Via Streaming

Dica: “Adoráveis Mulheres”

Coluna Adjori SC

Com avanço da Covid, sistema de saúde chega ao limite da capacidade

Coluna Fato&Comentário

Itajaí (também) precisava da BR-59

Coluna do Frei Betto

Quem manda no Brasil

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna do Janio

Jogo adiado em Joinville

Clique diário

Ilha das Cabras

Jackie Rosa

Eleição no Iate

Coluna Existir e Resistir

A branca tá usando trança! E agora?

O lado de cá...

O Lado de Cá...

Artigos

Cade proíbe cobrança de THC2/SSE

Crônicas da vida urbana

Crônica com carro, cães, moça elegante e caminhão





TV DIARINHO


Entrevistão com Fabricio de Oliveira - Pref de Balneário Camboriú



Podcast

Presidente da Unimed Litoral comunica que hospital não tem mais leitos de UTI

Publicado 06/03/2021 20:50



Blogs

Blog Doutor Multas

Guia da película automotiva: saiba qual a película certa para personalizar o seu veículo

Blog Clique Diário

O poder do amanhecer - Vídeo

A bordo do esporte

Jorge Zarif recebe barcos para disputa de Tóquio 2021

Blog do JC

Bagrão da Casa Civil, nega lockdown semanal

Blog da Ale Francoise

Folha de louro e seus benefícios

Blog da Jackie

Coluna do impresso



Entrevistão

Balneário

'Se nós tivéssemos leitos hospitalares nós não estaríamos discutindo lockdown'

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 1)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 1)



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯