Matérias | Economia


Itajaí

Água chega mais cara nas torneiras em 2012

Reajustes vão de 19,8% a perto de 30%, informa direção do Semasa

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O ano novo vai chegar pros itajaienses com uma notícia não muito boa. A direção do serviço Municipal de Água e Saneamento Básico (Semasa), que pertence à prefa, anunciou que vai carcar um reajuste na tarifa do líquido precioso. Em alguns casos, a bombada no valor do metro cúbico consumido na city peixeira, vai chegar perto dos 30%.


 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O engenheiro Flávio Faria, chefão da autarquia, diz que se trata de uma recuperação do que foi comido pela inflação desde 2007, último ano em que as tarifas foram reajustadas em Itajaí. A base de cálculo foi o acumulado do índice de preços ao consumidor amplo (IPCA), medido pelo instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Continua depois da publicidade



O reajuste com base na inflação integral do período foi maior pra quem costuma abusar mais do consumo de água. Nesses casos, foi de 29,09%. Pro povão que economiza e tá dentro da faixa mínima de consumo, o pessoal do Semasa carcou um reajuste de 19,8%. Na prática, isso significa dizer que a tarifa residencial mais barata, que se refere a um consumo de até 10 metros cúbicos, passou de R$ 15,92 pra R$ 19,07.

O Semasa tem hoje perto de 48,6 mil ligações de água. Se levar em conta os condomínimos residenciais, comerciais e industriais, o número de unidades que recebem água da autarquia passa de 67,4 mil. Tanta ligação assim, rendeu ao Semasa cerca de R$ 34 milhões entre janeiro e novembro deste ano.

Apesar do reajuste, o serviço de água de Itajaí continua sendo um dos mais baratos do estado, garante Flávio Faria. Um levantamento feito pelo DIARINHO com a Casan e algumas das principais cidades que vão da grande Floripa até Joinville, mostra que temos a quarta tarifa mais barata. Se comparar com a tarifa mínima, perdemos pro Samae de Brusque (R$ 15,83 o metro cúbico), o Emasa.

Continua depois da publicidade




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.227.249.155

TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 05/05/2021

Publicado 05/05/2021 23:45



Blogs

Blog do JC

Na curva do rio

A bordo do esporte

Ex-equipe de Martine Grael confirma presença em regata europeia da The Ocean Race

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog Clique Diário

Dica de fotografia

Blog Doutor Multas

Multa por excesso de velocidade acima de 50: qual é o valor?

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯