Matérias | Política


Itajaí

O que rolou na Política em julho, agosto e setembro deste ano?

Teve muita discussão sobre aumentar ou não o número de vereadores, teve aliança inesperada e pesquisa de opinião de olho em 2012

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Crônica de três meses de cobertura política na região

 

Este conteúdo é exclusivo para usuários cadastrados.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






No começo a discrição. Mas não durou muito. Tão logo o projeto que previa o aumen­to do número de vereadores na câmara de Itajaí entrou em pauta começaram as dis­cussões. No início, o discurso ficou no “eu acho que”. Uns dizendo que acreditavam que não deveriam aumentar as va­gas, porque elevaria a despesa da casa do povo. Outros, di­zendo que era tudo balela.

Mas com o DIARINHO não tem “eu acho”! A reportagem foi pra dentro do legislativo e mergulhou na papelada: teve acesso às despesas fixas da casa do povo e fez uma esti­mativa. E o resultado foi alar­mante. Passar de 12 pra 21 vereadores causaria um preju de mais de 9 milhões de reales pros cofres da city peixeira. A manchete assustou e fez acor­dar as entidades de classe, que estavam quietinhas num canto. E no dia seguinte, os órgãos já tinham se unido e apresentado um papéli con­trariando a decisão dos parla­mentares que tinham acabado de aprovar o aumento na pri­meira votação.

E o assunto esquentou. Vieram os outdoors pela city e começou o duelo entre as entidades e os partidos políti­cos. Até que, num plá na as­sociação Empresarial de Itajaí (ACII), uns vereadores deixa­ram a entender que a câmara gastava demais por causa da má gestão. E o presidente do legislativo, Luiz Carlos Pisset­ti (DEM), se sentiu ofendido. E no dia 5 de agosto, às vés­peras da segunda votação do projeto que criava mais nove cadeiras na casa do povo, Pissetti surpreendeu a todos: num mesmo ato ele renunciou à presidência por 30 dias, sem remuneração, e abriu uma CPI contra ele mesmo.

Níkolas Reis (PT), um dos defensores do aumento de vagas, assumiu o comando da câmara. E o clima ferveu pelos corredores da casa do povo peixeira. Por fim, Pisset­ti voltou. Antes disso, já tinha sido garantida a aprovação da “lei dos 21”.

A casa caiu

08/07

A polícia Federal (PF) deflagrou a operação “El Niño”, em Barra Velha. E um bando de otoridades foi escorraçado da prefa e da câmara: o prefeito Samir Mattar (PMDB), o presidente do legislativo, Valdir Tavares (DEM), o presidente da defesa Civil Marcelo Douglas Metelski, o abobrão do Planeja­mento e de Assunstos Jurídicos, Eurides dos Santos (PSDB), e o irmão dele, vereador Eurico dos Santos (PSDB). O vice-prefeito Claudemir Mathias Francis­co (PSB) assumiu o comando da prefa.

Demorou, mas saiu

21/07

Depois de sete meses, enfim o governador Raimundo Colombo (PSD) anunciou o nome da segun­da otoridade na escala hierárquica da secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Itajaí. A ex-vi­ce-prefeita Eliane Rebello (PMDB) foi escolhida pra se juntar ao abo­brão Fabrício de Oliveira (PSDB).

Bateu o martelo

27/07

A dona justa condenou o presidente da câmara de Itapema, Giliard Reis (PMDB), e o ex-prefeito Clóvis José da Rocha (DEM) por improbidade administrativa. A pena dos dois foi a suspensão dos direitos políticos e pagamento de multa. Junto veio a determinação: Giliard deve cair fora da casa do povo. Só meses depois o presidente da câmara conseguiu reverter o jogo e voltar pro posto.

Resolveram se mexer

29/07

As entidades peixeiras que se posicio­naram contra o aumento do número de vereadores espalharam outdoors pela city peixeira. Quando rolou a manifestação, o projeto que previa a criação de mais nove vagas na câmara já tinha sido aprovado na primeira votação.

Que coisa feia!

03/08

O rolo na prefa de Itapema começou uma semana depois que o PP da city anunciou a saída da base governista. Eles sabiam que o prefeito Sabino Bussanello (PT) iria dar um pé na bunda dos car­gos comissionados indicados pelos pro­gressistas, mas não imaginavam que ele fosse além. A vice-prefeita Maria Luci da Silva (PP) voltou de férias e não conseguiu entrar no próprio gabinete. Trocaram a chave da sala e demitiram a assessora dela.

Não adiantou gritar

10/08

Mesmo com todo o berreiro, os vereadores aprovaram o aumento do número de vagas na câmara de Itajaí. A partir de 2013, a casa do povo passa de 12 pra 21 cadeiras. Luiz Carlos Pissetti (DEM) estava de licença; Elói Camilo da Costa (PMDB) e Laudelino Lamin (PMDB) votaram contra o aumento. Os outros parla­mentares disseram “sim” aos 21.

À la Collor

13/08

Apesar de Samir Mattar (PMDB) es­tar afastado da prefa por causa da ope­ração da polícia Federal, os vereadores da Barra Velha deram sequência ao processo de impeachment. E viraram a madruga fazendo a sessão de julga­mento, que confirmou a cassação do prefeito afastado.

Turma do Brizola

31/08

Depois de muito namorico e pro­postas, enfim o PDT de Itajaí anunciou a aliança com a base governista. E Mar­celo Sodré (PDT) entrou pra tchurma do prefeito Jandir Bellini (PP). Um mês depois, rolou a posse dos abobrões indicados pelos bri­zolistas peixeiros e, no mesmo dia, outra aliança inesperada: o PDT de Balneário Camboriú se jun­tou ao prefeito Edson Periquito (PMDB).

Não aumentaram

06/09

Navegantes não entrou na onda. Enquanto as outras citys da região esta­vam aprovando o aumento do numero de vereadores, os dengo-dengos votaram pela manutenção das 10 cadeiras. E no fim do mês a casa do povo da Penha também disse “não” ao aumento.

Tá na frente!

15/09

Na corrida pelo comando da prefa de Navegantes, Roberto Carlos de Souza (PSDB) disparou na frente da concorrência. Pelos índices apontados pelo instituto de Pes­quisas Sociais (IPS) da Univali, se a eleição fosse em setembro, o prefeito seria reeleito com folga. Na pesquisa estimulada em que Bob Carlos concorre, no mano a mano, com o principal adversário político, Deba Cabral (PMDB), ele tinha 23,31% de vantagem.

Muitos indecisos

23/09

Os números mostraram que a briga pela prefa de Camboriú vai ser mesmo entre Luzia Coppi Mathias (PSDB), que tenta a reeleição, e Edson Olegário, o Edinho (PDT), que luta pra voltar pro posto. No en­tanto, de acordo com dados do instituto de Pesquisas Sociais (IPS) da Univali, os indecisos estão na frente, disparados, na corrida eleitoral. Na mesma pesquisa espontânea, Luzia aparece em segundo e o ex-prefei­to em terceiro. Os outros nove nomes citados pelos entrevistados nem chegaram a 1%.

Caso Trocadeiro

26/09

A reportagem do DIARINHO investigou a transação de uma área que deveria ter abri­gado a construção de bem público e acabou nas mãos do interesse privado. Hoje o imóvel abriga o Trocadeiro – porto que tem entre os sócios as famílias Dalçóquio e Bellini, e aliados políticos. Em 1998, o prefeito Jandir Bellini (PP) assinou o decreto de desapropriação do terreno da Shell, no bairro Cordeiros; em 2001, suspendeu o documen­to; em 2010, a Bellini Participações assina a socie­dade com o Trocadeiro. Mais tarde, a denúncia foi apresentada à promotoria de Moralidade Adminis­trativa, que entendeu quese houvesse crimes já tinham caducado.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.75.30

Últimas notícias

Handebol

Brasil convoca 20 jogadores para o pré-olímpico

brasileiro

Flamengo e Inter lutam pelo caneco

perdeu pro brusque

Marcílio estreia com derrota

CENTRO LOGÍSTICO

FedEx Express abre unidade em Itajaí

praia BRAVA

Começou a reurbanização da avenida Delfim de Pádua

decreto estadual

Novas restrições pra frear a covid

pandemia

Itajaí confirma três novas mortes

PANDEMIA

Idoso de 96 anos tem morte confirmada por covid

Volta às aulas

Aglomerações e casos confirmados de covid-19 são queixas em escolas

BALNEÁRIO 

Vai pagar multa por reclamar de descarga





Colunistas

Coluna Esplanada

Dedo na tomada

Coluna do JC

Porto

Clique diário

Praia de Cabeçudas, em Itajaí

Canal 1

Netflix e Amazon buscam pontos de apoio na TV aberta

Coluna esquinas

Imagino, logo existo

Coluna do Frei Betto

Guardar silêncio

Coluna Exitus na Política

A culpa é do mordomo

Na Rede

Instagram, Facebook e Twitter

Via Streaming

Dupla dinâmica: mãe e filha

Coluna Fato&Comentário

Praia Brava e o Centenário

Jackie Rosa

“Foi bom te ver outra vez, tá fazendo um ano, foi no carnaval que passou...”

Coluna Existir e Resistir

Militância de internet

Coluna do Janio

Começou 2021 para o Marinheiro!

O lado de cá...

O Lado de Cá...

Artigos

Cade proíbe cobrança de THC2/SSE

Crônicas da vida urbana

Crônica com carro, cães, moça elegante e caminhão



Blogs

Blog do JC

Pop star Fabrício quer agilizar compra de vacinas

Blog Clique Diário

Foto do Leitor #blogcliquediariocomalfabile @lenesenem

A bordo do esporte

Mercedes-EQ Formula E Team leva carro elétrico à cidade inteligente

Blog da Ale Francoise

Você conhece o ILIB?

Blog da Jackie

Coluna do impresso

Blog Doutor Multas

Proteção veicular: entenda como funciona!



Entrevistão

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 1)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 1)

Itajaí

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Porto Belo





TV DIARINHO


Confira os destaques dessa quarta-feira



Podcast

Presidente do Sindifoz fala sobre o pedido de suspensão das aulas presenciais

Publicado 24/02/2021 20:59



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯