Matérias | Polícia


Itajaí

Townerzinha mata motora aposentado na 470

Motorista sacana fugiu do local depois de atropelar o velhinho

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O ano não terminou bem para a família Bento de Navegantes. O motorista aposentado Francisco João Bento, o seu Chico, 63 anos, morreu atropelado, na noite de quinta-feira na BR 470, em Nave­gantes. A peruazinha Towner, placa de LZX-5282 (Gaspar), é apontada como o veículo que tirou a vida do velhinho. O motorista fugiu do lo­cal do acidente depois de atingir seu Chico. Com mais essa desgra­ça, sobe pra 15 o núme­ro de acidentes naquele trecho da rodovia federal só neste ano 2011.


 

Este conteúdo é exclusivo para usuários cadastrados.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Mesmo aposentado, seu Chico costumava fazer uns bicos como motora de caminhões. Por isso, o asfalto da BR 470 era seu conheci­do. Mas na noite de quinta, ele não tava numa boleia de bruto. Pouco antes da meia noite, tava voltando a pé pra casa, que fica no bairro Volta Grande, em Navega.

A tragédia aconteceu na altura do km 5,7, não muito longe de onde o aposentado morava. Populares que assistiram ao acidente, disseram que seu Chico tenta­va atravessar a pista do rodovia quando foi atin­gido pela Townerzinha.

Pelo relatório da polícia Rodo­viária Federal (PRF), o motora da peruzazinha fugiu do local sem prestar socorro pro coitado do seu Chico. Pra azar do cara, o povão anotou a placa do veículo.

Filha acha que seu Chico foi atingi­do no acostamento

Duas filhas do idoso estavam ontem pela manhã no insti­tuto Médico Legal (IML) de Itajaí, esperando a liberação do corpo pra poder tratar do enter­ro. “A gente tá meio perdida, não sabe­mos bem o que aconteceu. Não sabemos se o cara prestou socorro ou não, ou se ele viu que morreu e foi embora”, disparou a estudante Fernanda Bento, 29 anos.

A moça, suspeita que o pai tenha sido atingido no acostamento. “Ele caiu no meio do mato, deve ter sido no acostamento [o atropelamento]”, desconfia. “Pra ele ter fugido alguma coisa aconteceu,” completa.

Pelo laudo do IML, seu Chico mor­reu em consequência do porradaço que atingiu seu peito, provocando a fratura dos ossos e o esmagamento de órgãos como o coração e os pul­mões. “Acho que o que aconteceu foi uma fatalidade”, concluiu a filha Fernanda.


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





54.236.62.49

TV DIARINHO




Podcast

Minuto DIARINHO 01/03/2021

Publicado 01/03/2021 20:00



Blogs

Blog do JC

Nove sugestões

A bordo do esporte

Dupla brasileira da NACRA faz desafio diferente em SC

Blog Clique Diário

Hora colorida - Crepúsculo

Blog da Ale Francoise

Cor de verão o ano todo!

Blog da Jackie

Coluna do impresso

Blog Doutor Multas

Proteção veicular: entenda como funciona!



Entrevistão

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Itajaí (Parte 1)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 2)

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Balneário Camboriú (Parte 1)

Itajaí

Entrevistão com os candidatos à prefeitura de Porto Belo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯