Matérias | Esporte


Itajaí

Empate no Gigantão

Cílio fica no 1 a 1 com o sub-20 do Avaí no primeiro jogo-treino

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Ficou apenas em 1 a 1 o primeiro jogo-treino do Marinheiro antes da estreia no campeonato Catarinense 2012. O teste foi na manhã de sexta-feira no Gigantão das Avenidas contra o time sub-20 do Avaí, que disputa agora no comecinho de janeiro a copa São Paulo de Futebol Júnior. Thiaguinho fez o gol do Cílio no início da pelada que teve um tempo de 45 minutos e outros dois tempos de 30 minutos pra dar chance de toda a boleiragem pisar no gramado. O gol do Avaí saiu no finalzinho do terceiro tempo e por isso não incomodou o técnico Paulo Jamelli, que gostou do que viu.


“Foi bom. Muito bom. Principalmente o primeiro tempo, no segundo comecei a fazer mudanças. A equipe conseguiu marcar bem, tocar a bola e fazer as jogadas que treinamos. Tô contente, principalmente ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






“Foi bom. Muito bom. Principalmente o primeiro tempo, no segundo comecei a fazer mudanças. A equipe conseguiu marcar bem, tocar a bola e fazer as jogadas que treinamos. Tô contente, principalmente pelo primeiro e segundo tempo”, avaliou o treinador.

Continua depois da publicidade



Apesar de ter gostado do desempenho dos novos marujos, Jamelli não deixou de apontar o que falta acertar até a estreia do dia 22 de janeiro contra o Figueira, em Floripa. “Acho que conseguimos criar, faltou um pouco de pontaria. Mas o mais difícil é chegar e nós chegamos. Agora vamos ajustar a sintonia fina que é essa pontaria e os últimos ajustes, pois erramos muitos passes e lançamentos”, apontou. Jamelli voltou a elogiar o grupo. “Quem veio ver viu que é um time que sabe o que quer. Marca quando tem que marcar e ataca quando tem que atacar”.

O Marcílio de Jamelli foi pra campo com o famoso esquema 4-2-3-1, usando pelo Barcelona, também chamado de 4-5-1 com três meias. Mas ao invés de Xavi, Iniesta e Messi, o Rubro-anil peixeiro tem Douglas Tandú, Moreno e Thiaguinho. Durante o jogo-trieno rolaram muitas mudanças, mas o Cílio começou com: Anderson; Régis, André Luiz, João Leonardo e Diego Corrêa; Rodrigo Pontes, Nilson Sergipano, Douglas Tandú, Moreno e Thiaguinho; André Neles.

Bola rolando

Como foi o primeiro jogo-treino da equipe, o Marinheiro começou optando por manter a posse de bola e trocar muitos passes, mesmo assim marcou com menos de cinco minutos quando Thiaguinho tabelou com André Neles na direita, invadiu a área e chutou cruzado. Cinco minutos depois, André Neles rolou pra Moreno tentar o chute e mandar por cima. O Avaí respondeu em cobrança de falta.

Continua depois da publicidade



A Fúria Marcilista deu as caras e com cerca de 20 torcedores do esquenta-galho cantaram, xingaram o trio de arbitragem e os torcedores do Avaí e vibraram com os ataques marcilistas e com o balãozinho que Moreno deu no marcador ao receber a bola na fogueira.

O Marinheiro só voltou a chegar com perigo aos 28, após boa jogada pela direita o cruzamento encontrou Moreno que chutou em cima da zaga. A equipe peixeira chegou mais duas vezes no primeiro tempo. Aos 31 com chute de Douglas Tandú cortado pela zaga avaiana e aos 36, quando Moreno tabelou e na volta pegou de primeira de fora da área, a bola foi pra fora.

No intervalo, Jamelli colocou Guarú no lugar de Diego Corrêa. O agora lateral-esquerdo saiu com sorriso de orelha e orelha. “Tô feliz pra caramba. Voltar depois de um ano e não sentir nenhuma dor, nem nada”, comemorou Diego.

Aos poucos o comandante marcilista foi mexendo na equipe: Tandú deu lugar ao hermano Rodrigo Kuszko, Anderson saiu pra dar lugar a Nei no gol. Ainda trocou André Neles por Valério, André Luiz por Matheus Bissi e Thiaguinho por Kapa. A principal jogada da segunda etapa foi quando Moreno girou no meio de três e caiu dentro da área, mas o árbitro Marcus de Souza não achou pênalti.

“Eu gostei. Houve movimentação. Falta quase um mês pro estadual então não dá pra estar muito em alta fisicamente, senão cai durante a competição. Mas a equipe tá bem posicionada, criou bastante, só não concluiu”, analisou o experiente volante Rodrigo Pontes.

No terceiro tempo é que o time mudou de vez. Só no intervalo saíram Régis, Rodrigo Pontes e Moreno pras entradas de Filipi, Giva e Maycon Jr. Com 10 minutos, Flavinho entrou no lugar de Nilson Sergipano e foi pra direita. Filipi foi puxado pra volante. A última mudança foi a entrada de Filipe Barbosa no lugar de Valério.

A última etapa teve duas boas chances marcilistas. A primeira logo no começo, quando Giva deu baita lançamento pra Maycon Jr, que matou no peito e chutou em cima do goleiro. Mas o bandeira já estava com o pau em pé. No finalzinho, Kuszko recebeu lançamento na direita, partiu e chutou cruzado, a bola passou perto do gol. Ainda deu tempo de o Avaí empatar de cabeça.

 


Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.215.79.116

Últimas notícias

Balneário Camboriú

Vacina em grávidas, mamães e lactantes está suspensa 

ITAJAÍ

Moradora denuncia espera de mais de quatro horas na Celesc

Vacinado 

Governador tomou a primeira dose de imunização contra covid

BALNEÁRIO

DIC investiga assassinato de corretor de imóveis

FIQUE LIGADO!

Unisul abriu processo seletivo para cursos presenciais de graduação

Crime bárbaro

Sobrevivente de atentado na Fazenda pede justiça pelo assassinato da esposa

Covid 19

SC recebe 52 mil doses da vacina da Jansen

Itajaí 

Profissionais da educação podem se vacinar quinta e sexta-feira 

BR 101

Homem é preso transportando armas e munições em Itapema

Balneário Camboriú 

Festas rolando em cobertura de prédio são denunciadas por vizinhos   



Colunistas

Canal 1

“Gênesis”, da Record, já superou a marca de 450 atores no elenco

Coluna Esplanada

Doses sob suspeita

Artigos

O grande desafio da educação em SC

Coluna do JC

Saldré...

Coluna do Frei Betto

Todos às ruas

Coluna Tema Livre

500 mil mortes

Coluna do Janio

Vitória importante

Coluna Adjori SC

Em dois meses, Santa Catarina registrou 65 autuações por não uso de máscara

Coluna Exitus na Política

Entoli, o dirigente

Jackie Rosa

  Detox

Na Rede

NA REDE

Via Streaming

“The Americans”

Espaço InovAmfri

Nova bacia de evolução

Coluna do Ton

Novidade fashion

Coluna Fato&Comentário

Itajaí: Município “sem razão e utilidade pública”

Coluna Existir e Resistir

Presídio no Brasil: por que essa não é a solução?

Clique diário

Praia do Estaleiro

Coluna Animal Humano

Intolerância e radicalismo



TV DIARINHO


Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/06/2021

Publicado 23/06/2021 21:20



Especiais

Mundo da pesca

Oceanógrafo criou raízes, mesmo que aquáticas

Urbanismo

Desafio da praia Brava é crescer mantendo as características de paraíso

Economia

Atividade pesqueira requer atenção especial

Bom momento

Construção civil ganha destaque na economia

Itajaí do rio e do mar

Empresas dos setores náutico e naval reforçam economia



Blogs

Blog Doutor Multas

Proteção veicular pode ser opção melhor que seguro: entenda os motivos

A bordo do esporte

Designer ilustra equipe olímpica de vela no estilo mangá

Blog do JC

Sonhando com o pai Atanásio

Blog Clique Diário

Pássaros

Blog da Jackie

Fondue

Blog da Ale Francoise

Que tal um kombucha que hoje!?

Blog do Ton

Habbitat

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Vinicius Lummertz

"A grande aliança é para a retomada com saúde. São Paulo fará vacinas para o Brasil e América Latina ”

Élcio Kuhnen

“O maior ensinamento que a covid vai deixar: a ciência está muito à frente da sua opinião”

Heli Schlickmann

" Nas cidades arborizadas as pessoas são mais felizes”

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯