Colunas


Coluna Fato&Comentário

Por Coluna Fato&Comentário -

Jardim de Burle Marx: oportunidade perdida por Itajaí


Em tempos em que tanto se discute  reurbanização de vias e logradouros públicos da cidade, será bom relembrar então quando e como Itajaí perdeu a rara e valiosa oportunidade de ter em sua praça principal um jardim projetado por Burle Marx.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Antes, porém, precisa-se saber que Roberto Burle Marx (1909/1994) paisagista, pintor, desenhista, escultor e designer, tornou-se internacionalmente reconhecido  como paisagista e criador de afamados jardins. Fora ele que pela primeira vez   passara a utilizar plantas nativas brasileiras em seus projetos. São projetos seus, dentre outros, os conhecidíssimos jardins do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, do Parque  da Pampulha, em Belo Horizonte, do Parque de Ibirapuera,  em São Paulo,  e do Aterro do Flamengo, também no Rio.

E como tudo se passou com o caso de Burle Marx e Itajaí?

Era o ano de 1958 e naquela altura os prefeitos de Itajaí já haviam se cansado com as seguidas depredações dos jardins públicos da cidade e desistido deles. Na Praça Vidal Ramos, no Jardim Bruno Malburg, nos fundos da Igrejinha da Imaculada Conceição, os espaços dos canteiros de flores foram preenchidos com  pedras e cimentados. Atestara-se, com isso, a vitória do vandalismo sobre o bom-gosto e a civilidade.

Antônio Augusto Nóbrega Fontes, folclorista, ativista cultural e colunista do Jornal do Povo, itajaiense de coração e residente no Rio de Janeiro, vindo visitar aqui familiares seus, espantou-se com os “canteiros de pedras lascadas” da cidade. Inconformou-se, assim como muitos daqui.

De volta ao Rio, conversou com seu amigo Burle Marx. Eles eram vizinhos na Praia do Leme, onde ambos residiam. Fontes frequentava em muitos finais de semana o sítio do amigo em Guaratiba, hoje tombado como patrimônio natural e histórico pelo IPHAN. Ficou, então, acertada a parceria de Burle Marx com Itajaí.

Pressuroso, Nóbrega Fontes então escreveu em sua coluna “Rosa dos Ventos”, de 26 de janeiro,  do Jornal do Povo, de Itajaí,   que tinha uma proposta do amigo para o projeto do jardim da Praça Vidal Ramos. Com a boa nova, esperava adesão imediata da administração municipal. Burle Marx à época estava construindo os jardins da Fundação Rockfeller, em Caracas, na Venezuela.

Decepcionante surpresa, a proposta feita não mereceu atenção alguma. Ficou sem resposta. O grande paisagista nada cobraria, apenas se deveria fornecer as plantas e os jardineiros.

Perdeu, desse modo, Itajaí a oportunidade de contar entre seus logradouros públicos com  um jardim da assinatura do grande Burle Marx, que depois mais se celebrizaria em Brasília, Washington, Haia, Londres.

Aqui em Santa Catarina, ele é o autor do projeto paisagístico do Aterro da Baía Sul, em Florianópolis, de 1971. 


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Fato&Comentário

“Lito floriu a cidade”

Coluna Fato&Comentário

Jayme Fernandes Vieira - intelectual ilustre

Coluna Fato&Comentário

Jucílio de Castro Fernandes: itajaiense exemplar

Coluna Fato&Comentário

Frederico Latta*, pintor alemão em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

“Verde que te quero verde”

Coluna Fato&Comentário

Avenida Coronel Marcos Konder: sua evolução

Coluna Fato&Comentário

Itajaí: Município “sem razão e utilidade pública”

Coluna Fato&Comentário

Santíssimo sacramento de Itajaí

Coluna Fato&Comentário

CULTOS AFRICANOS EM ITAJAÍ: RESISTIR E SOBREVIVER

Coluna Fato&Comentário

Colégio São José - 80 anos: “irmãs alemãs” X “irmãs colonas”

Coluna Fato&Comentário

Música ao longe

Coluna Fato&Comentário

Semana santa e a cultura do povo

Coluna Fato&Comentário

Rua Pedro Ferreira ou do Commercio - certas histórias

Coluna Fato&Comentário

Itajaí (também) precisava da BR-59

Coluna Fato&Comentário

Praia Brava e o Centenário

Coluna Fato&Comentário

Vacinas e resistências: casos contados por aqui

Coluna Fato&Comentário

Mais um patrimônio histórico a perigo

Coluna Fato&Comentário

Eventos históricos da 3ª década do século xxi

Coluna Fato&Comentário

Natal, no ciclo das festas populares

Coluna Fato&Comentário

Um neo-sacerdote e os padres itajaienses



Blogs

Blog do JC

Linguagem neutra

A bordo do esporte

Fãs disputam em leilão itens históricos e raridades da Stock Car para Instituto Ingo Hoffmann

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”

TV DIARINHO

Confira os destaques desta quinta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/09/2021

Publicado 23/09/2021 20:50


Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯