Colunas


Coluna do JC

Por Coluna do JC -

JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.

2º tempo


Joel Serra (PTB), Edison Lapa, Emílio Dalçoquio, Luiz Hermínio e Cláudio Conceição (vereador do PSL de Porto Alegre) se reuniram pra conversar sobre o PTB catarina (foto: divulgação)

A eleição municipal do ano passado, que reconduziu o prefeito barbudinho Volnei Morastoni (MDB) à cadeira mais estofada do paço da Vila Operária, parece que não tem fim, e de vez em quando aparece um fato novo.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





 

Prorrogação

Pois não é que o ministério Público promoveu o arquivamento do inquérito policial que investigava a trapalhada no caso do laudo fajuto (?) que fez com que a OAB oficiasse à prefa e o Semasa e que deu o maior rebu do sul do mundo na eleição?

Deco tá limpo

Pro MP “não há pressupostos fáticos e jurídicos que sirvam de base ou justa causa a deflagração de ação penal”, o que significa no bom português que o André Sandri, vulgo Deco, pivô do episódio, tá limpinho igual a água do Semasa.

E agora?

Brincadeiras à parte, ficou o dito pelo não dito. Quem teria razão? O ex diretor-presidente do Semasa, que é outro que adora se meter numa polêmica, ou o ex-candidato atucanado Robison Coelho (PSDB, por enquanto), que disse que a água servida tinha resto de morto? (Ui!)

Fica pra próxima

Pelo jeito, a resposta vai ficar para a próxima eleição. Da parte da coluna, um pedido de desculpas aos envolvidos, mas com pé atrás, porque de qualquer forma as coisas nunca foram exatamente transparentes. Muita coisa ficou turva como a água escura que saia das torneiras peixeiras às vezes.

E daí?

Ao que parece  é que o laudo era de uma água ainda não tratada, e por mais que não houve crime na divulgação, como atesta o MP, houve o uso político do laudo. De outro lado, o Semasa ao invés de esclarecer e deixar tudo (inclusive a água) transparente, partiu pro ataque judicial, e perdeu a batalha!

Bizonho

Desse episódio pitoresco da eleição (ainda falta a tal da suposta sabotagem), quem leva a pior é o povão que não sabe mais em quem acreditar. Tomara que na próxima eleição se discutam as propostas e não os sabotadores...

PTB

Na tarde de ontem, lideranças do PTB nacional e gaúcho se reuniram em Itajaí com os pastores do Mevam,  Edson Lapa, e Luiz Hermínio, mais o empresário Emílio Dalçoquio visando alianças políticas. O pastor Joel Serra é o responsável pela composição nacional de políticas internas da sigla para o segmento religioso.

Lapa convidado

O pastor vice-presidente da igreja Mevam, ex-presidente do Conselho de Pastores, ex-vereador, ex-candidato a vice-prefeito de Itajaí e ex-bonzinho Edson Lapa  (PSL), por enquanto - (ufa!) foi convidado a ingressar nas fileiras petebistas e ser candidato. Hummm.

Ressonância

Pai Atanásio estava voltando de um exame de ressonância magnética, quando ao dar uma espiada no DIARINHO na padoca,  viu na coluna deste articulista pançudo que a nova secretaria do Idoso na Dubai brasileira, seria a ex, BBB, digo, vereadora pra mais de metro, Juliethe Nitz (PL). Atanásio, que tomava um café, quase teve que voltar ao médico...

Ajuda

Atanásio foi logo perguntando para atendente da padaria, “o que a Juliethe entende de idoso?”.  A moça, sem entender nada, perguntou ao véio se queria que chamasse o seu supervisor ou estava precisando de ajuda...

Estágio

A moça voltava para o balcão, quando ouviu o resmungo do véio: “E o Dr. Rosan, o que será que tá achando disso?”, aí que guria percebeu que o véio falava com o jornal na mesa e não com ela.... Ainda assim, perguntou: “o senhor vai querer mais alguma coisa?”

Nem com...

Sim, eu quero é ver o projeto que a Juliethe tem para os idosos...”, continuou, entre resmungos, pai Atanásio, emendando baixinho: “espero que o marido não atrapalhe”. A moça, só sacudindo a cabeça, respondeu para si própria, “essa, nem com a ajuda dos universitários, digo, dos estagiários”.

Empreita

O espaço segue aberto após os devaneios do véio Atanásio, se caso a ex-vereadora Juliethe, agora secretária do Idoso, quiser apresentar o seu plano ou falar sobre as ideias frente ao novo desafio. A coluna, de forma antecipada, deseja sucesso na empreitada, ops, missão.

Bagunça total

Filiados e ex-candidatos a vereador do DEM peixeiro andam em polvorosa com a nomeação de Everton da Veiga para o comando da Fundação de Esportes e Lazer (FMEL) da prefa peixeira. Teve quem ligou para o Everton. Ele teria dito que não foi convidado   e que nem quer ir ao PSC. Ui!

Por fora

O presidente do DEM, vereador licenciado, secretário de Obras, Márcio Dedé, questionado por este abelhudo escriba, afirma que não teve nenhum tipo de conversa e que a FMEL é do PSC. Contudo, revela que faz tempo que não conversa com o Everton, que é seu amigo pessoal.

Judiou

Sem medo de ser feliz, o presidente do DEM, ao saber que teriam ligado para o Everton questionando sobre partido, disse que o presidente do partido do peixinho, o Fabinho, judiou do pessoal da própria sigla. “Se a secretaria é do PSC, não tem como deixar uma pessoa de outro partido lá. O próprio prefeito falou que fez a mudança, mas porque o Fabinho pediu”, lascou Dedé. 

Vendendo ilusão

Partidários do PSC, que por motivos mais do que óbvios não querem ser identificados, ao contrário da fala da minha musa, a vereadora Cris Stuart (parabéns, Selmo!), de que tá todo mundo contente, sorrindo, dizem que estão tiriricas da vida.

Chegados

“Só tá bom pros chegados deles que ganharam cargos. Na FMEL, além do chefão, deram cargos pra outras pessoas chegadas. O restante tá chupando o dedo. E ainda tem essa de trazer gente de outro partido. Uma vergonha”, disparou um peixinho com escamas ouriçadas do PSC, que tá fora do aquário dos chamados ‘unidos’. Eitcha!

Cumprindo

Em contato com a coluna, o vereador peixeiro Bruno da Saúde (MDB), afirma que tá colocando em prática o que prometeu na eleição, que é resolver a questão dos exames represados. O sonho é plenamente possível e o cálculo foi feito antes da proposição do PL, garante o parlamentar. Ele bizolhou todas as planilhas apresentadas pela de Saúde.

Zerar

Para zerar o fila de exames de Itajaí o valor necessário é R$ 419.808,84, garante Bruno. Atualmente, 3522 exames estão represados. Conforme o pagamento da tabela SUS,  Itajaí irá entrar com 167.064,58 e o governo federal através do SUS com R$ 252.743,97,” comenta fazendo as contas o vereador emedebista.   

Hemosc

O deputado estadual Coronel Onir Mocellin (PSL) voltou a cobrar, junto ao Hemosc, a instalação de uma unidade de distribuição e coleta de sangue na city peixeira. Foi durante reunião com diretora-geral Maria Daniela Périco Colombo, na última terça-feira, na capital manezinha.

Apoio

A diretora manifestou apoio ao pleito. O local já foi definido. Será na nossa universidade maior, a Univali. “Agora está sendo discutida manutenção desta unidade junto com os prefeitos da região. Cobrei investimentos por parte do estado para agilizar essa instalação”, destacou Mocelin. Deputado lembra que hoje o doador de Itajaí precisa se deslocar até a galega Blumenau.

Salvar vidas

“Essa unidade irá facilitar a vida do doador e, principalmente, irá salvar vidas. O acesso fácil e rápido a um banco de sangue pode fazer toda a diferença na hora de salvar a vida de quem sofre um acidente, passa por uma cirurgia ou está fazendo um tratamento de saúde”, alertou Mocelin. Verdade.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

TV DIARINHO

Confira os destaques desta quarta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 23/06/2021

Publicado 23/06/2021 21:20


Especiais

Mundo da pesca

Oceanógrafo criou raízes, mesmo que aquáticas

Urbanismo

Desafio da praia Brava é crescer mantendo as características de paraíso

Economia

Atividade pesqueira requer atenção especial

Bom momento

Construção civil ganha destaque na economia

Itajaí do rio e do mar

Empresas dos setores náutico e naval reforçam economia



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯