Colunas


Coluna Exitus na Política

Por Sérgio Saturnino Januário - pesquisa@exituscp.com.br

Apolítica: virulência


Democracia é um conceito que foi gerado na Filosofia, na Sociologia e na Ciência Política. É um desses conceitos virulentos que se multiplicam em características e são voláteis ao mundo. De forma mais abstrata o conceito se assegura na condição política relacionada aos interesses do povo. Mas em sua condição de existência pragmática, diária, histórica, Democracia se alimenta de suas próprias mudanças.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Como forma dinâmica, Democracia assume o apelo da dupla hermenêutica. Na medida em que o conceito informa as pessoas e essas lhe assumem como referência ao comportamento, a Democracia se transforma com novos posicionamentos e alinhamentos e passa a informar os cientistas e filósofos. É um jogo sem fim. Democracia, de forma histórica, vive dentro de um círculo de práticas e reconceituações infinitas; não tem um ponto de chegada; nunca está pronta.

Democracia é a melhor forma diante de todas as outras porque é a única que permite a discussão republicana, a intensificação da cidadania, o fortalecimento das instituições e as possibilidades de transformação social e política em uma sociedade. Flutuam em seu céu nuvens e ventos de formações distintas, divergentes, diversificadas. Mas há um propósito: possibilitar a diversidade das ideias e ideais políticos e sociais. Democracia é um fenômeno de interesse político.

Outra coisa é a mera diversidade ampla ou seletiva que atinge a todos ou a muitos. Diversidades não são ocorrências que sempre implicam em Democracia. Não é possível, por exemplo, considerar que o fato de a contaminação por um vírus, generalizada e indistinta, seja uma conotação democrática. Vírus não carrega consigo uma intencionalidade política. Nem tudo que atinge a todos é uma decorrência da Democracia. Vírus não é um ser político, embora seja um bicho para a política dos humanos que merece até Comissão Parlamentar de Inquérito [CPI].

Quanto mais nos distanciamos das orientações conceituais sobre Democracia mais difícil sua aplicação e sua defesa. Neste céu carregado se encobre a luz e se forma uma tempestade turbulenta e trovejante. Uma tempestade que nos assusta e nos faz correr sem perceber os outros ao nosso redor; nos provoca o sentimento de refúgio no qual cada um busca um esconderijo e proteção pessoal.

O retorno ao debate e às práticas democráticas saúda a necessidade de recomposição da própria atitude democrática e refaz o próprio conteúdo conceitual da Democracia. Se somos diferentes [e somos!] não significa que somos democráticos. Aceitar o outro e suas diferenças, acreditar que ele transporta os direitos e deveres que eu prezo para mim, que merece o respeito que eu daria a mim, que as condições políticas nos são semelhantes é ato de esforço político-democrático.

A não aceitação da diversidade política, os xingamentos fumegados pela diferença de opinião e de posicionamento, o massacre de reputações, forjam, como ferro, o conflito da arrogância pessoal e da autocracia. E num Estado costurado em tom de Presidencialismo de Coalisão, governar pelo confronto e pelo conflito é o mesmo que se imaginar planando no céu quando se está cindo do abismo.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Exitus na Política

A comissão à sombra do cativeiro

Coluna Exitus na Política

Carta aos tolos

Coluna Exitus na Política

As instituições se enfraquecem

Coluna Exitus na Política

O populismo em preto e branco

Coluna Exitus na Política

Pessoas que morrem. Cidadania que falece

Coluna Exitus na Política

Verdades do Potro [*]

Coluna Exitus na Política

Caríssimo ivan lunard

Coluna Exitus na Política

A cidadania sem gênero

Coluna Exitus na Política

O reino de Marte

Coluna Exitus na Política

A culpa é do mordomo

Coluna Exitus na Política

A mitomania como política

Coluna Exitus na Política

A mãe e o parto: estado de colisão

Coluna Exitus na Política

O pão que alimenta o voto

Coluna Exitus na Política

A superioridade da moral e da ética



Blogs

Blog Doutor Multas

Dirigir veículo segurando telefone celular pode dar multa?

Blog do JC

Dia D

A bordo do esporte

Inmarsat será pela sexta vez parceira de comunicações via satélite da The Ocean Race

Blog do Ton

Maior importadora de móveis do Brasil abre a primeira loja própria em Santa Catarina

Blog Clique Diário

Dica de fotografia

Blog da Ale Francoise

Ervas do bem para o estresse!

Blog da Jackie

Hering comprou a Arezzo

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Liba Fronza

"O Navegay traz uma multidão de pessoas, não gera receita financeira e causa uma demanda social muito grande”

Volnei Morastoni

"Estamos vivendo a politização da covid”

Marcelo werner

"Quando o Estado publica um decreto às 11 horas da noite para que no dia seguinte seja cumprido, está faltando sintonia com a sociedade”

Marquinhos Kurtz

“[...} O meu posicionamento é contrário ao fechamento total. Eu acho que nós temos que trabalhar, nós temos que ter cuidado, e as coisas precisam funcionar”

TV DIARINHO

Confira os destaques desta sexta-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 07/05/2021

Publicado 07/05/2021 21:06


Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯